profissao-do-futuro-novas-carreiras-generalistas-humanistas

Profissão do futuro demanda um perfil mais generalista

Já pensou qual destino você quer dar para a sua carreira? As tendências do mercado de trabalho para a profissão do futuro são de pessoas que jogam em diferentes campos simultaneamente.

São vistas como áreas em expansão bioinformática, data analytics, gestão de qualidade de vida, biologia molecular, arquitetura digital, design regenerativo, entre outras. 

Se você é do tipo que tem todo um plano traçado com formação e especialização… isso é muito bom, sem dúvida. Mas daqui em diante, vale a pena se atentar que diplomas não serão tão importantes como um dia já foram.

Valerá cada vez mais o conhecimento aplicado e a sua reputação nestes trabalhos – perante os seus pares. Por isso, veremos muitas pessoas se destacando sem necessariamente formações “de peso” ou “etiquetas universitárias” por trás destes feitos.

Professores e consultores também terão um aumento na demanda uma vez que será necessário que alguém estabeleça esse vínculo com outras áreas do conhecimento.

Os nomes não são totalmente estranhos. Afinal, existe biologia na biologia molecular. E existe arquitetura na arquitetura digital. Então, o que aconteceu?

A profissão do futuro é a que você cria

A profissão do futuro pode ser uma profissão tradicional reinventada. Aquele conceito de uma única formação para um único fim, está ultrapassado.

A profissão do futuro exige transdisciplinaridade: ter conhecimento e saber atuar em diferentes áreas. Inclusive, questões humanas. E beeeem humanas. Inteligência social, por exemplo, é uma delas.

É hora de arrancar rótulos e explorar essas ideias mais futuristas. É hora de se reinventar!

É um rumo que pode parecer difícil de seguir, uma vez que somos condicionados desde a escola e, muitas vezes, em casa a ser alguém que escolhe apenas uma área e foca nela.

Quem nunca precisou responder à pergunta “O que você quer ser quando crescer?”.

Ao pensar nisso, nos deparamos com respostas que seguem um padrão. De apenas uma profissão. Apenas uma especialidade.

E isso limita as nossas escolhas inclusive inconscientemente e, portanto, nossas opções no mercado de trabalho. Que cada vez mais, são muitas. 

Porque não transformar os planos de uma carreira especialista em uma mais generalista? Um dos conceitos para nos inspirarmos é o de mashup, uma mistura, relacionando as profissões.

Tendências: O que uma carreira mashup tem a ver com profissão do futuro?

As tendências que a profissão do futuro propõem é uma maior interação entre as áreas. E, quem opta por traçar essa linha que por ora pode parecer mais futurista, adquire muitas habilidades. 

Isso é criar uma carreira, uma profissão mashup. Ela pode ser tão exclusiva e potente como você, por si só. 

Exercite a sua capacidade de relacionar elementos diferentes como pessoas, finanças e recursos materiais de forma estratégica, por exemplo. Pronto, você criou a sua própria profissão. Percebe como não é tão difícil assim?

“Não crie limites para si. Você deve ir tão longe quanto sua mente permitir. O que você mais quer pode ser conquistado”.

Mary Kay Ash

Além disso, este exercício ainda te ajuda a desenvolver sua criatividade, proatividade, raciocínio lógico e facilidade para resolver problemas.

Desenvolver a sua própria profissão do futuro também vai contribuir para criar um bom relacionamento interpessoal e empatia, qualidades que são adquiridas porque é preciso que você se prepare para lidar com diferentes áreas, ideias e visões simultaneamente.

A sua própria profissão do futuro pode ser libertadora

Como já dissemos, a transdisciplinaridade estará cada vez mais presente nessa sua nova profissão e em nossas vidas.

Se você quer fazer uma transição de carreira e quer empreender no mercado de roupas, você não pode saber apenas sobre vender. Precisa entender de finanças, administração, sustentabilidade, moda, lifestyle, marketing…

A vida de freeworker continua entre as tendências da profissão do futuro. Isso porque é uma pessoa que vai fazer de tudo um pouco, lidar com diferentes empresas e clientes o tempo todo. Mas acima de tudo, escolher seus trabalhos e para quem trabalha. ; )

Vai dizer que não conhece alguém que fez uma segunda faculdade ou decidiu investir em outra carreira ou arriscar em um negócio próprio completamente diferente da sua área de formação inicial?

Por que não alguém que seja especialista em tecnologia da informação, mas que, por um amor à gastronomia e que sente em fazer transição de carreira, poderia criar um estabelecimento inovador usando conhecimentos de ambas as profissões?

Neste caso, esta pessoa é chef ou é de TI? Ela é “só” um destes rótulos? Sabemos que não! Não se importe tanto em contar para o mercado o seu novo rótulo.

Foque em explicar de forma direta o que você gera de valor para quem usufrui do que você tem a oferecer! 

Cassiana buosi

Percebeu como essa profissão do futuro pode ser libertadora e colaborar para encontrar o seu propósito de vida?

Os padrões tradicionais do mercado de trabalho podem não ser para você. Existem novos padrões, com visões mais futuristas, que abrem opções diferentes e tornam a escolha de carreira mais leve, permitindo que você mescle suas escolhas.

Essa mudança de carreira pode te ajudar a ser mais feliz! 

Desperte seu lado futurista: o que falta para criar a sua profissão?

Se adequar à profissão do futuro não é apenas uma questão de ser flexível. Há ainda uma questão de saber buscar, filtrar e usar a grande quantidade de informações que chegam o tempo todo.

Você é capaz de identificar o que te interessa? Não importa qual carreira imagina para si, mas algo para se ter no radar é que a profissão do futuro pode se inspirar e muito no que cientista de dados fazem bem: uma boa curadoria.

É preciso estar atento às tendências para ser capaz de entender, interpretar, extrair e saber usufruir dessas informações.

Ao aprender sobre campos diferentes, a facilidade de empatia e de relações interpessoais também aumenta. Qualidades essenciais para unir a equipe em prol da empresa.

Graças a esse mashup, profissionais futuristas são capazes de falar em diferentes linguagens e ter uma boa rede de networking. Pontos positivos para quem quer alavancar a profissão ou uma ideia empreendedora.

Saber lidar com a diversidade e ter bons relacionamentos interpessoais, uma rede grande de contatos têm tanto valor quanto ser especialista em um determinado assunto.

E quer ainda uma dica final? Desenvolva suas habilidades em Futures Thinking. As crianças e jovens de boa parte do mundo, especialmente de países mais desenvolvidos, já estão sendo desenvolvidas para isso. Não vamos ficar para trás, né? 

Está na hora de criar sua profissão do futuro. Defina o que você quer ser e invista em conhecimento. Deixe o medo de lado e faça o seu mashup. Lifelong Workers estão aqui para te ajudar com dicas para essa transição.

Nos acompanhe nas redes! Estamos no LinkedIN, no Youtube, no Facebook e agora também no Instagram

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.